Eles viverão...

.....................................................................................
Eles viverão



..................................................................

A Espiritualidade Superior ensina que os planetas funcionam como educandários.
Os Espíritos neles encarnam para ter as experiências evolutivas de que necessitam.
A Terra por ora serve de morada e escola para Espíritos de reduzida evolução.


............................................
Embora, em geral, não falte inteligência aos habitantes do orbe, eles ainda vacilam no quesito da moralidade.
Têm facilidades de raciocínio, mas possuem dificuldades nos planos do sentimento, da conduta.
Certamente incontáveis se esforçam para viver com dignidade e o conseguem.
.....................................
Entretanto, ainda é comum o triste espetáculo da leviandade, da corrupção e da crueldade.

..............................
Em um mundo imperfeito, a impunidade dos espertos e dos poderosos costuma ser frequente.
Não raro, esse panorama de vício aparentemente vitorioso causa indignação.
Muitos desanimam quando se deparam com certas cenas.
Pode ser o político corrupto que segue livre, mediante a adoção de estratagemas legais.
Ou quem, para enriquecer, não se incomoda de destruir o meio ambiente.
Talvez seja quem abusa da inocência ou oprime os fracos.


Ou então quem vence demandas na justiça contando com testemunhos falsos.
Não faltam exemplos de maldade vitoriosa, ao menos na aparência.
Seguramente, todos devem agir, no limite de suas forças, para que o bem se instale no mundo.
Mas, quando o mal parece vencer, não há razão para raiva ou desânimo.

Não há necessidade de desejar o mal para os que semeiam a desgraça nos caminhos alheios.
Para manter o coração em paz, basta refletir que eles viverão.
..................................................................

Sim, a morte não existe e todos seguirão vivos para sempre.
A vida dispõe de recursos para produzir arrependimento nos que se fizeram culpados.

Cedo ou tarde, chega o momento de rever a própria conduta e de enfrentar as consequências do que se fez.
Tal pode se dar na mesma encarnação, mediante importantes decepções, ignoradas da coletividade.
Ou no plano espiritual, onde não há disfarces possíveis quanto à própria realidade íntima.
Ou mesmo em outras existências, nas quais se experimentem as dores que se semeou na vida do próximo.
A vida constitui o melhor remédio para qualquer gênero de decadência.

Todos viverão para sempre e cada qual será feliz ou desgraçado, conforme as opções que fez.
..................................................................

A cada um segundo suas obras, como bem disse Jesus.
Assim, não convém praguejar contra quem fere, rouba, ilude ou mata.
Basta saber que os corruptos, os mentirosos e os defraudadores da paz alheia também viverão.
...........................................................

......................................

A cada homem incumbe o dever de ser digno e solidário, de esclarecer, amparar e socorrer.
Os desvios incontornáveis, segundo a ótica humana, ficam por conta da Lei Divina, sempre perfeita e atuante.

Pense nisso.
Redação do Momento Espírita.
......
Recebido por E-Mail
lourenço Matiero
lourencocarlosjp@hotmail.com
...........................

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CURSO DE PASSE*(fluidoterapia)