6 Anos de Divulgação Espírita no Japão



http://ismaelgobbo.blogspot.com.br/2012/10/focalizando-o-trabalhador-espirita-166.htm


Ismael Gobbo


Entrevista
BLOG DO ISMAEL 

.....................................................................




Focalizamos  hoje nosso  companheiro de ideal espírita, brasileiro  de  Curitiba,  no estado do Paraná, residente na  cidade  japonesa de  Ina-Shi,   Adalberto  Prado  de Morais, também conhecido como “Tio Ada”. 

Adalberto conheceu   o Espiritismo na capital paranaense de onde se mudou no ano de 1998.
No Japão vem realizando um trabalho muito grande, sobretudo à frente da ADE-Japão (Associação dos Divulgadores Espíritas do Japão).
No momento, a par de suas várias atividades, Adalberto está muito empenhado numa campanha visando receber livros  em doação para dinamizar o trabalho de divulgacão do Espiritismo naquele país.  
De  nossa   parte apelamos  a tantos quantos possam ajudá-lo nessa nobre iniciativa enviando livros na forma como ele  orienta ao final desta entrevista.

Adalberto pode nos fazer sua auto-apresentação?

Ismael, sou  Adalberto Prado de Morais, também conhecido como “Tio Ada”, natural de Curitiba, PR,  tenho 52 anos de idade, casado, com 3 filhos e dois netos. Resido em Nagano-Ken Ina-Shi com a minha esposa Lúcia Yukie Hassumi Prado de Morais e minhas queridas Mascotinhas Yorki  Terrier, Natsu e Aki. Estou há 13 anos no  Japão; morador na província de Nagano (Japão) desde 1998, um ano na cidade de Nakano e o restante na cidade de UEDA-SHI.
Em 2010 mudei para KAIDA -KOLGEN  e deste Janeiro de 2012 na Cidade de INA-SHI todas cidades na mesma província. Sou trabalhador em fábrica de componentes hidráulicos e membro atuante na divulgação espírita no JAPÃO.

Qual a sua formação acadêmica e profissional?

Tenho ensino médio e profissional em vendas. Trabalhei em companhia de seguros NACIONAL, no grupo Trombini (companhia de papel e celulose), tambem com vendas de embalagens para supermercados, tive uma pequena participação como sócio em uma fabrica de reciclagem de vidro,  e duas pequenas empresas,   uma distribuidora de discos e fitas (Terra e Mar)  e outra na área de projetos e reformas  na área de construção civil
(HAY PROJETOS E CONTRUÇÕES) todas na cidade de Curitiba, PR. E,  por ultimo,  em  uma casa de repouso como gerente administrativo (LAR PEQUENO ACONCHEGO). Batalhei muito, mas como a maioria dos pequenos empresários não tínhamos perspectivas de crescimento financeiro,  havia a crise no setor de construção civil e a política financeira do Brasil na época, não era favorável. Por isso fui trabalhar como empregado até vir para o JAPÃO em 1998.

Como você conheceu o Espiritismo de desde quando o freqüenta?

Conheci o Espiritismo em 1978, quando convidado pela minha amiga e comadre Yolanda Cimada para tomar um passe e assistir palestras na C.E.C.C - COMUNHÃO ESPIRITA CRISTA DE CURITIBA. Naquela  época era Católico. Em 1979 comecei a frequentar a C.E.C.C; em 1982, o Centro Espírita Abibe Isfer, onde   participei de cursos.P.B.D.E e C.O.E.M.  Em 1985, no Centro Espírita Luz Eterna,  quando me senti espírita e comecei a estudar  mais, e não apenas fazer cursos  e assistir palestras. Em 1992, com este sentimento maior de Ser Espírita voltei a C.E.C.C. 
 Em 1995 fui convidado pelo amigo e meu incentivador na divulgação do  espiritismo, escritor espírita Wilsom Cerserki,   para participar na Fundação da ADE-PARANÁ- Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná, onde colaborei como Diretor financeiro nos anos de 1996 à 1998 e passei a trabalhar na divulgação da doutrina .
Participei como coordenador e colaborador  nos cursos do ESDE, fiz parte do conselho doutrinário do CECC em 96,97.98. Nesses três mencionados anos, participei de reuniões mediúnicas como orientador,  aos sábados e domingos atendimento fraterno, passes e quando  na escala de oradores fazia exposições  e palestras.
Em 1997 e  1998  fui diretor do C.L.E.C.-Clube do Livro Espírita de Curitiba e um dos colaboradores em três edições da FEIRA DO LIVRO ESPÍRITA DE CURITIBA. Em  junho de 1998 embarquei para o Japão.

Em que casa espírita você participa e quais atividades desenvolve no movimento espírita?

Sou presidente da da  ADE-JAPÃO-Associação de Divulgadores do Espiritismo  do Japão, cujo endereço virtual é http://adejapaodivulgespirita.blogspot.com.jp.
 A função da ADE-Japão é a de desenvolver um trabalho para unir pessoas que realizam trabalhos na área de  divulgação e expansão da doutrina espírita em território japonês.
 A ADE-JAPÃO  atua apoiando e incentivando o desenvolvimento de novos núcleos espíritas e capacitação doutrinária dos mesmos. Dedica-se a palestras cursos e seminários, servindo, como disse, como um  ponto de união entre as casas e núcleos espíritas neste país. Atuando pela ADE-JAPÃO  fiz  palestras em Tóquio, Oizumi, Toyama, Nagoya,Ueda, Toki e Suzuka, abordando os temas: “Ser Espírita” e “Fundamentos Básicos do Espiritismo”.
Em 2010,  na programação, organizou-se palestras em comemoração aos cem anos de Chico Xavier, quando tivemos a presença do convidado especial Mauro Reis Pumar,  do Rio de Janeiro.
Sou dirigente do  do N.E.J.A-Núcleo Espírita Joanna de Angelis,  do Japão, cujo endereço eletrônico é http://nejanucleoespiritajoannadeangelisjp.blogspot.com.
Depois de quatro anos na Cidade de Ueda, Nagano-ken, o até então G.E.E.UEDA-GRUPO DE ESTUDOS ESPÍRITAS DE UEDA muda de UEDA-SHI para OKAYA-SHI e também para esta onde estamos com o novo nome. N.E.J.A-Núcleo Espírita Joanna de Ângelis-JAPÃO
A proposta do NEJA é promover o  estudo da doutrina espírita,  atuar na divulgação e unificação dos preceitos éticos, morais e intelectuais do Espiritismo.
 As reuniões se realizam nas cidades de Okaya e Minowa, no  Bunka  Center  - Minowa-Shi e Bunka  Okaya  - Okaya-Shi.
Também sou dirigente do  G.E.E.F.A-Grupo de Estudos Espíritas Francisco de Assis-Japão em GUNMA-KEN - OIZUMI-MACHI, uma continuação do projeto que começou em 2008 com o nome de Grupo de Estudos Espíritas de Gunma,  organizado pela ADE-JAPÃO e que  teve como  fundadores  e coordenadores Thiago e Patrícia Makyama, colaboradores queridos  que hoje estão em Minas Gerais, no Brasil. 
Em 2011 ocorreu a mudança de nome com a reorganização que contou com a ajuda de Maria Takiko S. Kinoshita e Nobuo Kuada.
Estou na coordenação do  CIMEJ-Comissão de Integração do Movimento Espírita do Japão
http://cimejintegraespiritajapao.blogspot.jp  e sou dirigente  da REJ.- Rádio Espíritas no Japão e produtor e apresentador  do programa FRATERNIDADE NO JAPÃO com apoio da RADIO FRATERNIDADE de Uberlândia, MG, Brasil http://radioespiritasnojapao.blogspot.com/
Também atuo como diretor-coordenador do Teatro de Fantoches de Ueda, com a peça AS AVENTURAS DE CHICO MARCENEIRO, roteiro e áudio doados pelo N.E.A.-Núcleo Espírita de Arte,  de Florianópolis e Correspondente da revista virtual de divulgação espírita “O Consolador” (http://www.oconsolador.com.br) de Londrina, PR, aqui  no Japão.

Pode nos descrever a trajetória do movimento espírita japonês?

Falar do Movimento espírita no Japão esta  mais fácil hoje que ha seis anos atrás, mas ainda não me sinto com segurança para falar a esse respeito.
O que sei, é que  o movimento começou há mais ou menos  vinte anos, com base em dois grupos distintos:  em 1991,  em Toquio e outro em Toki. Foi desses dois grupos iniciais  que derivaram outros grupos .
A historia do Espiritismo no Japão ainda esta para ser escrita.  Estamos  em fase de pesquisas. Embora já tenhamos cerca de oitenta por cento da historia em arquivos ainda vamos gastar mais uns dois anos para se completar.
O que posso falar com mais certeza é a partir da minha trajetória pessoal no Movimento espírita do Japão.
Como a maioria dos decasséguis, todos vem para o Japão porque estão precisando de dinheiro, não é para passear.
Endividado, cheguei ao Japão com a esposa, em junho de 1998. Até quitar as dividas feitas no Brasil e ainda pagar as passagens aéreas de lá para cá, eu e minha esposa trabalhamos em NAKANO-SHI (Nagano).  No ano seguinte,  1999, nos mudamos para Ueda e  ficamos onze anos. Não havia grupo espírita na cidade.
Em abril de 2006, após várias solicitações e  por orientações sobre temas ligados à doutrina Espírita por parte de amigos e colegas de trabalho,  foi alugado um espaço para estudos nas dependências do SOOZOKAN-DE Ueda (Centro de Cultura e Planetário de Ueda).

Em outubro 2006, tivemos o  apoio  de Luiz Carlos Rassolim de Curitiba, que nos enviou as apostilas do ESDE-Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita.
Começamos o Grupo de Estudos Espíritas de Ueda com o apoio de nosso amigo no Japão Lourenço Matiero,em Junho de 2006. No mesmo ano,  ou seja,  em novembro de 2006,   Elizabete Hiraide estava coordenando as palestras da dirigente e jornalista espírita brasileira  Júlia Nezu ao Japão, que acabou também contemplando a sua visita a nossa cidade, UEDA-SHI,  e incentivando o surgimento da ADE-Japão.
Dentro da programação de estréia,  no dia 10 de dezembro, foi projetado o filme  O ESPIRITISMO, DE KARDEC AOS DIAS DE HOJE, e a palestra FUNDAMENTOS BÁSICOS DA DOUTRINA ESPÍRITA, ESPIRITISMO E ESPIRITUALISMO e PROJETO DECASSÉGUI ESPIRITA.  No domingo seguinte, foi realizada a primeira feira de livros espíritas de Ueda em espaço fornecido pelo REAL PRODUTOS BRASILEIRO.
Ainda no ano de 2006 ocorreu o  lançamento de O Evangelho Segundo o Espiritismo,  em japonês; organizamos em  30 de dezembro uma comitiva para acompanhar o lançamento do E.S.E. em japonês e prestigiar a palestra de Julia Nezu na cidade de Toki-Shi, no NEC-JP Núcleo Espírita Cristão do Japão na província de GIFU-KEN .
Já as palestras da convidada brasileira na cidade de UEDA foram realizadas no dia 7 de janeiro de 2007 com os temas:
MECANISMOS DA COMUNICAÇÃO ENTRE OS ESPÍRITOS e EVIDENCIAS E MECANISMOS DA REENCARNAÇÃO.
Apesar do pequeno público, as palestras serviram muito bem tanto aos presentes como para a divulgação em si do evento e da estreante instituição.
Dia 23 de Janeiro o presidente da ADE-JAPÃO estava no Brasil fazendo contatos com companheiros, principalmente com a ADE-PR, visitou a USE-SP, RÁDIO BOA NOVA, visando recolher subsídios e experiências a serem implementadas na ADE-JAPÃO.

Resumindo tudo:                          
Começamos em Junho de 2006-Grupo de Estudos Espíritas de Ueda, em 2010 muda de nome e cidade, N.E.J.A- Núcleo de Espírita Joanna de Angelis-Japão, na cidade de  Okaya.
Em Dezembro,2006  início das atividades da ADE-JAPÃO.
Em Março de 2008, foi criado o G.E.E.Gunma,Grupo de Estudos Espíritas de Gunma,
Iniciativa da ADE-JAPÃO, para levar um grupo de Estudos para brasileiros residentes na província vizinha de Gunma-Ken, que teve o  apoio e a coordenação de  Thiago Carvalho Makiyama.
Em Setembro de 2009 entra em fase de teste  o Blog da Radio Espírita no Japão.

Programa Fraternidade no Japão

 A REJ é um departamento de divulgação da ADE-JAPÃO -Associação de Divulgadores do Espiritismo do Japão, em 2011 apoio da Radio Fraternidade de Uberlândia para com o  movimento espírita do  Japão com a estréia em  maio de 2012,  do Programa FRATERNIDADE NO JAPÃO.

COORDENADORES DO CIMEJ



Tomoh Sumi,  Adalberto, Lourenço Matiero, Mauro Pumar.


Em março de 2010, Criação da CIMEJ-Comissão de Integração do Movimento Espírita do Japão




Em Junho de 2011,Com apoio de  Maria Takiko, são reiniciadas as atividades o Grupo de Gunma com outro nome G.E.E.F.A-Grupo de Estudos Espiritas Francisco de Assis.

Quantos são as Casas Espíritas e Grupos Espíritas no Japão?

Atualmente estamos como uma relação de 13 Grupos Espíritas, mas com certeza, já temos mais de vinte. São eles:
Centro Espírita Casa de Cáritas
Shizuoka-Ken Kakegawa-Shi

 Comunhão Espírita Cristã Francisco Cândido Xavier
CHIBA-KEN ISHIKAWA-SHI

 Grupo de Estudos Espírita Amigos da Luz
AICHI-KEN SUZUKA-SHI

 Laços Eternos
Aichi-Ken- Nagoya-Shi

 Núcleo Espírita Joanna de Ângelis
Nagano-Ken Okaya-Shi

NEC-Núcleo Espírita Cristão do Japão
Gifu-Ken – Toki-Shi

 Grupo Espírita Kariya
Aichi-Ken, Kariya-shi,

 GEEF-Grupo de Estudos Espíritas de Fukaya
Saitama-ken, Fukaya-shi

 Grupo Espírita Alegria de Viver
Aichi-ken - Nagoya-shi

ADE-JAPÃO-Associação de Divulgadores do Espiritismo do Japão
Nagano-Ken – Ina-Shi

G.A.L.F.-Grupo de Apoio Luz Fraterna
Kanagawa-Ken Hitatsuka-shi

Grupo de Estudo Espiritual Dr.Richard Dwannes Stan
Toyama-Ken Imizushi Oshima Machii

G.E.E.F.A.-Grupo de Estudos Espíritas Francisco de Assis
Oizumi- Gunma-Ken

Aproveito esta oportunidade de pedir aos dirigentes que estão lendo, ou mesmo amigos que conhecem grupos de espíritas no Japão, que não estão na  relação acima que entre em contato comigo para promovermos a devida atualização tioada@yahoo.com.br..

Vocês promovem encontros entre esses grupos e casas espíritas?
A C.E.F.C.X.-Centro Espírita Cristã Francisco Cândido Xavier, promove ha mais de 19 anos o ECOMEJ -Encontro do Movimento Espírita Japonês. Este é atualmente o único.
É o evento que temos oficialmente para promover a união dos espíritas no Japão cujo movimento espírita comemora seus vinte anos neste 2012.

Qual a freqüência e como eles se realizam?

Uma vez ao ano, geralmente no segundo semestre de cada ano. Neste ano vai ser no dia 9 de Dezembro, comemorando exatamente os vinte anos da  Comunhão Espírita.

As reuniões que se realizam são em qual língua?

Alguns grupos mantêm reuniões em Japonês e Português, mas a grande maioria dos grupos  é em Português , com nenhuma  participação de  Japoneses.

Quais os oradores espíritas do exterior que tem visitado o país?
 Júlia Nezu


                                                                       Mauro  Reis Pumar.

Pelo que eu saiba, desde minha vinda para o Japão tivemos duas pessoas importantes, primeiro Júlia Nezu J, no final de 2006 e começo de 2007 e, em 2009 e 2010,   Mauro  Reis Pumar.
No ano de 2013, no segundo semestre, estamos nos organizando para trazer  um orador de renome do Brasil, Haroldo Dutra Dias, para realizar um seminário. Também em estudo a possibilidade de convite para  os oradores Anete Guimarães, do Rio de Janeiro, e Richard Simonetti, de Bauru. .

Nas abordagens em palestras e seminários quais os aspectos do Espiritismo têm sido mais estudados?

No Japão o  aspecto religioso do Espiritismo é bastante forte, porque já tem uma raiz vinda do Brasil.  Todavia o aspecto filosófico também é expressivo porquanto tem sido trabalhado por grupos já formados no Japão.
Então vai depender do dirigente de cada grupo. Com o CIMEJ, estaremos orientando o movimento espírita de caráter tríplice, filosófico de base cientifica e de transformação ético moral.


Como o povo japonês enxerga o Espiritismo?

O movimento está muito disperso;  não se tem um movimento unificado, apesar dos esforços de poucos, a maioria dos dirigentes agem independentes e com idéias próprias a respeito do Espiritismo.
Com  isso,  a divulgação para o povo  japonês é inexistente. Os japoneses que frequentam os grupos espíritas com estudo em língua japonesa, tem um bom aproveitamento e compreendem melhor a doutrina.
A maioria porém,  que conhece apenas superficialmente o Espiritismo,  o têm como mais uma religião com características de paranormalidade.
É difícil divulgar o Espiritismo por aqui sem a  efetiva integração dos dirigentes dos grupos espíritas existentes no país.

Temas como Reencarnação e Comunicabilidade com os Espíritos são assimilados pela população em geral?

Sim, geralmente é assim, a religião oficial é a xintoísta quando se nasce e com rituais budistas quando se morre.
Com esta base eles têm visão geral, mas ainda muito restrita de espiritualidade e comunicação dos amigos espirituais.
E  não entendem como é que  são os mecanismos e os objetivos dessas comunicações.
Eles tem ainda muita ilusão,  ou digamos assim,  uma crença em mitos muito fortes como deuses e demônios, em sua cultura,  em especial nos seus  rituais.
Ainda estão arraigados aos tradicionais cultos familiares.
A Igreja Messiânica é a que tem a maior influencia no tocante a comunicação com o plano espiritual.
O catolicismo é bem conhecido entre os japoneses e em minoria as igrejas protestantes.
Das outras crenças conhecem muito pouco e,  por ultimo, do Espiritismo, quase nada.

Tem havido divulgação do Espiritismo por  veículos de comunicação como  rádio, televisão, jornais e revistas?
Tomoh Sumi

Não existe nenhuma campanha de divulgação espírita organizada e unificada  para o povo japonês.
O que temos são  ações individuais e isoladas para a divulgação, como a tradução de O Evangelho Segundo o Espiritismo em japonês,  pelo Sr.Tomoh Sumi, com a qual melhoramos muito esta ação de divulgação. 
Aos poucos  estamos nos organizando para divulgar o espiritismo na RADIO WEB-FRATERNIDADE de Uberlândia, com um programa semanal chamado de FRATERNIDADE NO JAPÃO JOVEM, onde pretende-se colocar algumas orientações espíritas em idioma Japonês.
Temos um trabalho de estudo em Japonês organizado também  pelo Senhor Tomoh Sumi da Comunhão




Espírita Cristã Francisco Candido Xavier em Tóquio onde mantém um estudo em idioma japonês via Internet incluindo ai também uma pagina totalmente no idioma japonês, digamos  assim que é a maior ação de divulgação em Japonês hoje  no Movimento espírita do Japão..

Outra proposta é colocar na NET  a revista espiritualista Saúde espiritual com traduções de algumas matérias em Japonês.
Mas tudo ainda muito lento e sem foco de organização unificada definida,mas estamos caminhando, e com certeza essas ações embora isoladas renderão alguns frutos.

Acredita que há perspectivas de crescimento do movimento espírita a curto prazo?

No curto prazo é  muito difícil, mas certamente em médio e longo prazo, o Espiritismo no Japão ira surpreender o povo japonês com a força que lhe é peculiar.
O que precisamos é união  e vontade de dirigentes dispostos a trabalhar com a divulgação espírita para o povo japonês. Tem que ser uma ação unificada e integrada principalmente no que se diz respeito as traduções.Temos que ter não uma pessoa traduzindo , mas uma equipe que consiga interagir com as características da língua. 

Algo mais que queira acrescentar?

Estamos Esperando uma grande presença de dirigentes da comunidade espírita no
XX-ECOMEJ-Encontro do Movimento Espírita do Japão, onde comemoraremos os vinte anos da primeira casa espírita no Japão, a Comunhão Espírita Cristã Francisco Candido Xavier.

Aproveito  este espaço para parabenizar esse trabalho não só aos seus fundadores e idealizadores, mas a todos que mantiveram a tarefa de consolar junto aos amigos japoneses e brasileiros  dekasseguis por mais de vinte anos.
Estamos com um programa de Radio semanal na grade da  RADIO FRATERNIDADE.
E a campanha de DOAÇÕES DE LIVROS PARA O JAPÃO que teve inicio em outubro de  2012.
Em comemoração aos vinte anos do movimento espírita no Japão, a ADE-JAPÃO vem pedir aos amigos do JAPÃO e do Brasil, que nos enviem livros espíritas em qualquer língua, para que possamos continuar a nossa proposta de divulgação do Consolador  Prometido por Cristo em solo japonês.
Os livros podem ser enviados para a sede da ADE-JAPÃO, ou nos ligar para apanharmos quando for no território japonês. 
Adalberto Prado de Morais,  Fone-  090 8328 4773  JAPAN  
Novo Endereço.
ADE-JAPÃO-Associação de Divulgadores do Espiritismo do Japão
                      Nagano-Ken
                      Ina shi
                      Kitsune jima, 3525-2
                      Kubomura jutaku ,11
                      T-396-0014
                         JAPAN

Suas palavras finais aos nossos leitores.

Agradecemos  nosso amigo  Ismael Gobbo , por esta oportunidade de colocar algumas considerações sobre o que acontece no movimento espírita aqui  no Japão,  apesar de não me sentir a altura para tal.
E pedir  apoio e parcerias mais concretas com os amigos da comunidade espírita de todo o mundo, para nos ajudar a desenvolver a propagação do espiritismo em solo japonês.
Agradecer ao apoio de Rubens de Castro e Helio Dias da Radio Fraternidade e Sonia Theodoro da Silva do projeto Estudos filosóficos espíritas com o Japão, amiga que  já nos mandou as obras básicas da doutrina para a ADE-JAPÃO. A nossa amiga Claudia Greco de Minas Gerais que mandou livros para o nosso movimento no Japão.
Ao Meu amigo Lourenço Matiero,   sempre disposto a ajudar e conhecedor a fundo as nossas dificuldades.
E agradeço também o nosso amigo Benjamim Soares que se prontificou a organizar a Campanha de Livros para o Japão na cidade de Brasília e região onde conta com amigos na Comunhão Espirita de Brasília. Por fim agradecer a todos que direta ou indiretamente ajudam na divulgação do CONSOLADOR em terras Nipônicas.
Aos bons espíritos que nos fortalecem e nos influenciam para o bem.
ARIGATOU GOSSAIMASHITA.
Muito Obrigado de Coração.
Adalberto Prado de Morais
Nagano-Ken Japan
....................




................


CRÉDITOS 

ismaelgobbo.blogspot.com

.................................................................
Arquivos de imagens-ADE-JAPÃO
ismaelgobbo.blogspot.com

Notícias do Movimento Espírita
Araçatuba, SP, terça-feira, 30 de outubro  de 2012
 por Ismael Gobbo
http://ismaelgobbo.blogspot.com.br/2012/10/focalizando-o-trabalhador-espirita-166.htm

Comentários

  1. Bom dia, vim parabenizar um grupo pelo trabalho edificante, e deixar uma mensagem para os amigos espiritas:

    O SONHO DE KARDEC

    Em dada passagem do Evangelho, Jesus salientou a responsabilidade maior que cabe a quem conhece o bom caminho.

    Ele afirmou que muito se pedirá àquele a quem muito se houver dado.

    A respeito dessa assertiva, narra-se que, certa feita, Allan Kardec, o codificador da Doutrina Espírita, teve um sonho.

    Em pleno processo de elaboração do Espiritismo, foi levado em desdobramento para uma região muito triste do plano espiritual.

    Tratava-se de um local nevoento e feio, no qual gemiam milhares de entidades em sofrimento estarrecedor.

    Ouviam-se soluços de aflição, gritos de cólera e gargalhadas de loucura.

    Atônito, Kardec lembrou dos tiranos da História.

    Então, inquiriu à entidade luminosa que o acompanhava:

    Encontram-se aqui os crucificadores de Jesus?

    O guia lhe esclareceu que nenhum deles lá estava.

    Disse que, embora responsáveis, eles desconheciam, na essência, o mal que praticavam.

    O próprio Cristo os havia auxiliado a se desembaraçarem do remorso.

    Conseguira-lhes abençoadas reencarnações, nas quais se resgataram perante a lei.

    Kardec imediatamente pensou nos imperadores romanos.

    Mas também eles ali não se encontravam.

    O anjo lhe disse que homens como Tibério e Calígula não possuíam a mínima noção de espiritualidade.

    Alguns deles, depois de estágios regenerativos na Terra, já se haviam elevado a esferas superiores.

    Outros ainda se demoravam na Terra, mas já à beira da redenção.

    Diante dessa resposta, o codificador aventou a possibilidade de estarem ali os algozes dos primitivos cristãos.

    A resposta também foi negativa.

    Embora esses carrascos possuíssem algumas tintas de civilização, eram homens e mulheres quase selvagens.

    Todos tinham sido encaminhados à reencarnação, para adquirirem instrução e entendimento.

    Os conquistadores da Antiguidade, como Átila e Gengis Khan, foram a próxima aposta de Kardec.

    Contudo, a entidade luminosa lhe afirmou que também esses já se encontravam no bom caminho.

    Como erraram, em plena ignorância das realidades do Espírito, sua responsabilidade era menor.

    Finalmente, o codificador perguntou quem eram os sofredores.

    O anjo lhe respondeu que se tratava dos que estiveram no mundo plenamente educados.

    Residiam naquela região os conhecedores dos ditames do bem e da verdade.

    Ali se encontravam especialmente os cristãos infiéis de todas as épocas.

    Embora cientes da lição e dos exemplos do Cristo, decidiram se entregar ao mal.

    Para eles, era especialmente difícil um novo berço na Terra.

    Conta-se que Allan Kardec retornou ao corpo fundamente impressionado.

    E logo tratou de enfatizar na Doutrina Espírita a responsabilidade do homem quanto aos seus deveres.

    Conclui-se que é preciso abandonar desculpas e ilusões.

    Talentos, conhecimentos e fé é um depósito sagrado.

    O homem ilustrado precisa movimentar suas mãos no bem, sob pena de incidir em grave responsabilidade.

    Pense nisso.

    Redação do Momento Espírita, com base no cap.
    7, do livro Cartas e crônicas, pelo Espírito Irmão X,psicografia de Francisco Cândido Xavier, ed. Feb.Em 4.2.2013.

    Anne Magno, Espirita, Belém do Pará.
    psique_magno@hotmail.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CURSO DE PASSE*(fluidoterapia)