Realidade nua e crua Espíritos de outros mundos...



Em primeiro lugar são crianças como qualquer outra criança que necessita de muito amor, carinho, compreensão, afeto, enfim humanidade.
Os índigos são em sua realidade nua e crua Espíritos que vem de outros mundos e/ou dimensões para encarnar aqui na Terra com o propósito de trazer uma grande revolução para a humanidade terrestre.




São mais evoluídos do que a maioria dos seres humanos daqui, mas NÃO SÃO seres puros como muita gente vem acreditando.
Eles são o próximo estágio na evolução.

São contestadores, não gostam de autoridade, preferem fazer as coisas de seu jeito, são práticos, gostam de destruir o que está pronto para aí refazerem de seu próprio jeito. Possuem uma carga energética forte, são intensos, tudo é muito grande e muito forte pra eles, a dor é muita dor, a raiva é muita raiva e o amor é muito amor.

Muitos acreditam que os índigos não trazem cargas cármicas e isso não é verdade, eles não são a pureza do Espírito ainda, as crianças cristais é que trarão essa aura mais pura sendo elas as crianças plenas de amor, que não conhecerão a raiva e a violência. Algumas poucas começaram a encarnar neste momento para abrir caminho para as que virão, assim como fizeram os adultos índigo de hoje, abriram espaço para as crianças índigo de hoje.

SEMPRE LEMBRANDO de que NEM ÍNDIGO NEM CRISTAL são superiores ou inferiores a ninguém.

Arregacemos nossas mangas e ensinemos a essas crianças conceitos verdadeiros para transformar de verdade nosso planeta num lugar onde a tranqüilidade, o amor e a luz sejam constantes e reais, essa é a nossa grande oportunidade. Vamos ser adultos responsáveis, educadores e colaboradores do novo mundo.



Espiritismo Responde - Um de seus mais recentes livros publicados tem por título “A Nova Geração: A visão Espírita sobre as crianças índigo e cristal”. Quem são as crianças índigo e cristal?


Divaldo – Desde os anos 70, aproximadamente, psicólogos, psicoterapeutas e pedagogos começaram a notar a presença de uma geração estranha, muito peculiar.

Tratava-se de crianças rebeldes, hiperativas que foram imediatamente catalogadas como crianças patologicamente necessitadas de apoio médico. Mais tarde, com as observações de outros psicólogos chegou-se à conclusão de que se trata de uma nova geração. Uma geração espiritual e especial, para este momento de grande transição de mundo de provas e de expiações que irá alcançar o nível de mundo de regeneração.

As crianças índigo são assim chamadas porque possuem uma aura na tonalidade azul, aquela tonalidade índigo dos blue jeans (Dra. Nancy Ann Tape).

O índigo é uma planta da Índia (indigofera tinctoria), da qual se extrai essa coloração que se aplicava em calças e hoje nas roupas em geral. Essas crianças índigo sempre apresentam um comportamento sui generis.

Desde cedo demonstram estar conscientes de que pertencem a uma geração especial. São crianças portadoras de alto nível de inteligência, e que, posteriormente, foram classificadas em quatro grupos: artistas, humanistas, conceituais e interdimensionais ou transdimensionais.

Fonte: Site do Orador Divaldo Franco
Entrevista de Divaldo Pereira Franco ao Programa Televisivo O Espiritismo Responde, da União Regional Espírita – 7ª Região, Maringá, em 21.03.2007.
Imagens e textos
http://www.evoluindo.org
regina

PESQUISA E MONTAGEM
tioada@yahoo.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CURSO DE PASSE*(fluidoterapia)

ADE-JAPÃO- 8 anos -Comemoração com bolo e Feijoada, e entrega de donativos...